argulus.png

CRUSTÁCEOS -

Branquíuros - Argulus spDolops sp.

Parasitos conhecidos como carrapatos ou piolhos, pois são encontrados na superfície do corpo dos peixes, onde ficam em movimento e podem mudar de peixe (hospedeiro) livremente.

A transmissão é feita através do contato direto (superlotação) nos locais de cultivo. 

CRUSTÁCEOS -

Branquíuros - Argulus spDolops sp.

Sua reprodução ocorre entre abril e setembro, dependendo das condições ambientais, embora este parasito se desenvolva durante o ano todo, de acordo com a temperatura da água. Seu aparecimento está relacionado a excesso de matéria orgânica no viveiro.

1464.jpg
Perulerneagamitanea.png

CRUSTÁCEO -

Copepoda - Perulernaea gamitanae.

Parasitos conhecidos popularmente por "vermes âncora", pois possui uma parte do corpo que penetra no peixe.

São encontrados na superfície da pele, na boca e na língua dos peixes.

Causam problemas na produção e prejuízos econômicos aos produtores, pois o animal para de se alimentar, diminuindo seu crescimento e podendo levar a morte. 

CRUSTÁCEO -

Isopoda - Braga patagonica.

Parasitos visíveis a olho nu, são encontrados na superfície do corpo, na boca e, frequentemente nas brânquias. 

Fonte das imagens: @biodiversidadeaquaticaamazonica

isopoda 4.jpg
 
 

CICLO DE VIDA DOS PARASITOS

(A)- Peixe com parasito.

(B)- Parasito sai do peixe e libera ovos.

(C)- Ovos do parasito.

(D)- Forma infectante do parasito volta atingir os peixes.

Fonte: Adaptado do livro "Parasitologia Peixes de Água Doce do Brasil" pelas autoras.

Exemplo de Branquíuros - Dolops sp, encontrados parasitando peixes da região.

Fonte: @biodiversidadeaquaticaamazonica

 

©2019 por Amazonia's fish. Orgulhosamente criado com Wix.com