CONHECENDO OS PARASITOS

O que é um parasito?

É um organismo que vive em outro indivíduo maior (o hospedeiro) de uma espécie diferente, do qual depende para a alimentação. Nesses casos, apenas o parasito é beneficiado, pois acaba se alimentando das substâncias corpo do hospedeiro (peixe). 

O parasito pode viver tanto fora como dentro do corpo do hospedeiro. Se viver fora, é conhecido por ectoparasita, mas se estiver dentro de um organismo, trata-se de um endoparasita.

Os piolhos e carrapatos (crustáceos), por exemplo, são exemplos de ectoparasitas, pois vivem na superfície do corpo de animais. Já os vermes (nematoides), vivem no intestino do hospedeiro, sendo, portanto, endoparasitas.

Parasitos podem matar peixes?

Parasitos geralmente não matam seus hospedeiros, pois têm interesse na sua sobrevivência para poder se alimentar e desenvolver.
Alguns podem estressar e enfraquecer o peixe através da destruição de tecidos do corpo, remoção de sangue e fluidos celulares, permitindo que outras infecções possam se desenvolver, ao ponto de trazer preocupações biológicas e econômicas para a criação.

Todos os peixes tem parasitos?

Sim,  parasitismo é natural e normal. 
Ocorre em todos os principais grupos do reino animal. Geralmente, os parasitos não são perceptíveis, mas às vezes os pescadores pegam um peixe com sinais de infecção ou parasitismo. Dependendo do grau de infestação, das condições ambientais, sanitárias e alimentares, os peixes acabam morrendo.

Os produtores podem ajudar contra o aparecimento de parasitos?

O sucesso na piscicultura depende da implementação de boas práticas de manejo nos sistemas de cultivo.

Então sim, através do controle preventivo sobre as parasitoses, o produtor é capaz de manter sempre o sucesso produtivo. 

Podemos comer um peixe parasitado?

Poucos parasitos podem causar zoonoses para os seres humanos. 

Mesmo quando um peixe apresenta sinais de doenças ou parasitismo, provavelmente ainda é comestível se armazenado (congelado) e preparado (assado, cozido) de forma adequada.

 
 

Abaixo estão sendo demonstradas as classes de parasitos que mais prejudicam os peixes e a produção, cada qual com sua especificação, prejuízos e mudanças comportamentais observadas.
Além disso, apresentaremos o controle preventivo necessário para combater a proliferação de tal enfermidade.

CESTODA

(tênias)

CRUSTÁCEOS

(piolhos e carrapatos)

MONOGENEA

(vermes)

NEMATODA

(lombrigas)

 

©2019 por Amazonia's fish. Orgulhosamente criado com Wix.com